Olhos II

“Jaraguá” gravura de Evandro Carlos Jardim

Lá fora o frio fere a alma,

Mas dentro padece

com o calor opresso.

Nos cumes de montes remotos,

O branco reluz seu lume.

E o universo todo, pela distância,

Tenta caber na moldura de uma janela.

Mas os olhos sabem

Que nessa messe

Só dentro deles

a vida inteira cabe.

Seu comentário será muito bem-vindo

Faça o login usando um destes métodos para comentar:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s