Hoje é dia 13 de junho, dia de levantar o mastro

Mastro Junino de Madeira Decorado com São João, Santo Antônio e São Pedro Mastro para Festa Junina de 3 Lados em formato de triângulo. Confeccionado em madeira e decorado com flores em crepom de cores sortidas. Possui a Bandeira dos 3 santos juninos em tecido: São João Batista, Santo Antônio e São Pedro, sendo uma …

Continue lendo Hoje é dia 13 de junho, dia de levantar o mastro

Destaque

The Walk – The Cure

Saudade daquela época em que a tristeza era mais poser* do que real. *Poser é uma gíria da língua inglesa cujo significado - principalmente no contexto musical - se refere a uma pessoa com personalidade influenciável, sem atitude e que se deixa impressionar pelo artista, banda ou estilo musical que está fazendo sucesso no momento. …

Continue lendo The Walk – The Cure

Aninha e suas pedras

Não te deixes destruir… Ajuntando novas pedras e construindo novos poemas. Recria tua vida, sempre, sempre. Remove pedras e planta roseiras e faz doces. Recomeça. Faz de tua vida mesquinha um poema. E viverás no coração dos jovens e na memória das gerações que hão de vir. Esta fonte é para uso de todos os …

Continue lendo Aninha e suas pedras

Faz da tua casa uma festa!

Cora Coralina Faz da tua casa uma festa! Ouve música, canta, dança... Faz da tua casa um templo! Reza, ora, medita, pede, agradece... Faz da tua casa uma escola! Lê, escreve, desenha, pinta, estuda, aprende, ensina... Faz da tua casa uma loja! Limpa, arruma, organiza, decora, muda de lugar, separa para doar... Faz da tua …

Continue lendo Faz da tua casa uma festa!

Destaque

Ainda assim eu me levanto- Maya Angelou

Você pode me inscrever na História Com as mentiras amargas que contar, Você pode me arrastar no pó Mas ainda assim, como o pó, eu vou me levantar. Minha elegância o perturba? Por que você afunda no pesar? Porque eu ando como se eu tivesse poços de petróleo Jorrando em minha sala de estar. Assim …

Continue lendo Ainda assim eu me levanto- Maya Angelou

Destaque

Poética da Pós-Modernidade

Que nossas palavras estranguladas reflitam a falsa liberdade de nosso tempo insensível! Deixemos, para os iluminados que bailam na cadência frenética desta época esquiva, as palavras em liberdade! Nossos versos serão os dos excluídos e seus limites. Constrangidos por infinitas serpentes e injustiçados por inúmeros crimes, não fingiremos que somos leves pássaros. Contudo esta camisa …

Continue lendo Poética da Pós-Modernidade

Good luck, my friend

Broken Bells Yeah, the faceThe face of evil is on the news tonightWe see the darkness over lightBut have we ever really lived in better times?Hey, strange, they say we're coming to the end of the lineBut is there still a chance to change your mind?Or have all the colors turned to black and white? …

Continue lendo Good luck, my friend

Reatividade emocional: A pessoa vive sempre na defensiva

Por Valeria Sabater Reatividade emocional: A pessoa vive sempre na defensiva Existem pessoas que ficam com raiva de tudo, elas são tão sensíveis que não sabemos realmente como lidar com elas. Ser emocionalmente reativo não só complica os relacionamentos, mas também é um fator relacionado aos transtornos depressivos. A reatividade emocional define uma forma de …

Continue lendo Reatividade emocional: A pessoa vive sempre na defensiva

Everything Everything – Big Climb

https://www.youtube.com/watch?v=WbQBsTfDcts Big climb, big fallI saw my picture in the crystal ballBig climb, big fallThe pink piggies with their hands on their earsSkeleton boy with the skeleton girl souvenirUh, this is the prophecyTenth daughter of a beast heart mother you know thatAll our lives are in your hands nowAll our lives are in your hands …

Continue lendo Everything Everything – Big Climb

tubarões do vazio

tubarões do vazio, roubem o fruto do nosso trabalho, depois, com um cínico sorriso, nos devorem lentamente do alto de seu tanque de marfim! engulam o ódio de nossas palavras azedas! esburaquem, em busca de uns cobres, todo planeta! vocês são os Midas da Degradação! senhores de castelos erguidos por outrem, engulam os cobres cunhados …

Continue lendo tubarões do vazio