Síria

Palmira, tuas palmeiras há muito não balançam ao vento! O vento só traz até ti muito pó, cinzas, farelos Que sobram das ambições de todos os tempos. Culpada por demorar-te no meio do caminho. Como tua irmã, anciã entre as localidades; Lar dos fundadores da Acádia, Essa coroa de fogo da deusa do amor e …

Continue lendo Síria