Terceira Visão

  Dentro do olho a lente Dentro da lente o olho! O mundo cabe inteiro nesta visão, mas se escolho o que quero ver, Se os olhos buscam apenas o que sabem que desejam, então à nossa alma chega apenas um flash fugaz da bela natureza!   Também completamos as ausências com nossa imaginação, Por saudade de …

Continue lendo Terceira Visão

Epifania

minha arrogância me fez desdenhar das paixões. os descomedidos Romeu, Werther, Paolo e Francesca eram para mim caricaturas disformes e descontroladas, eram para mim fracos seres irracionais, eram para mim loucos... admirava suas experiências que me atingiam pela beleza. eis a que se resumia minha propalada sensibilidade para o lirismo. cínica que eu fui, em …

Continue lendo Epifania

O Sem-nome’

Entre as costelas, uma flor com pétalas grandes se abriu; às vezes parece dor às vezes só calor às vezes um oco frio. Falta sustentação. Deito, solto o peso, flutuo. Todo peso torna-se leve. A cabeça solta para trás quer se encontrar com a outra ponta e ao círculo voltar. Ondas vindo me afogar. Medo, …

Continue lendo O Sem-nome’