Asa de beija-flor

Silvio Rodrigues   Hoje eu me proponho fundar um partido de sonhos, oficinas onde consertar asas de beija-flores Admitem-se loucos, enfermos, gordos sem amor, tolhidos, anões, vampiros e dias sem sol.   Hoje eu vou patrocinar a candura desenganada, essa massa crítica de Deus que não é pós e nem moderna. Admite-se proscritos, raivosos, povos …

Continue lendo Asa de beija-flor