Destaque

Refugiados

Você, que é tão erudito, recite-me versos suaves, por piedade, para recuperar de viver a vontade!   Você, que é tão ajuizado, Por misericórdia me dite os santos escritos Nos templos ouvidos, Para alimentar desgraçados proscritos!   Você, que é tão são, por compaixão, reze-me uma oração para alentar a quem vive ao relento; a quem …

Continue lendo Refugiados

Cântico negro

Cântico negro José Régio "Vem por aqui" — dizem-me alguns com os olhos doces Estendendo-me os braços, e seguros De que seria bom que eu os ouvisse Quando me dizem: "vem por aqui!" Eu olho-os com olhos lassos, (Há, nos olhos meus, ironias e cansaços) E cruzo os braços, E nunca vou por ali... A …

Continue lendo Cântico negro