Percy B. SHELLEY (1792-1822)

The Flower That Smiles Today The flower that smiles today Tomorrow dies, All that we wish to stay Tempts and then flies, What is this world’s delight? Lightning, that mocks the night, Brief even as bright. Virtue, how frail it is! Friendship, how rare! Love, how it sells poor bliss For proud despair! But these …

Continue lendo Percy B. SHELLEY (1792-1822)

Ainda uma vez — Adeus

Gonçalves Dias I Enfim te vejo! — enfim posso, Curvado a teus pés, dizer-te, Que não cessei de querer-te, Pesar de quanto sofri. Muito penei! Cruas ânsias, Dos teus olhos afastado, Houveram-me acabrunhado A não lembrar-me de ti! II Dum mundo a outro impelido, Derramei os meus lamentos Nas surdas asas dos ventos, Do mar …

Continue lendo Ainda uma vez — Adeus