Percy B. SHELLEY (1792-1822)

The Flower That Smiles Today The flower that smiles today Tomorrow dies, All that we wish to stay Tempts and then flies, What is this world’s delight? Lightning, that mocks the night, Brief even as bright. Virtue, how frail it is! Friendship, how rare! Love, how it sells poor bliss For proud despair! But these …

Continue lendo Percy B. SHELLEY (1792-1822)

Olhos

Nada substituirá teus internos olhos! Não sabemos viver na certa estação. Corpo no inverno, espírito no verão. Impossível, ou incerto voltar num tempo que não é eterno e o passo perfazer até um gélido leito. Sem vãos remorsos de dar-se quase sempre na hora errada. Os seus olhos não me olhavam, E os meus viam quase nada. Só sobras …

Continue lendo Olhos