Por mais paternidade e menos estereótipos — Direto do Nosso Jardim

Que a reflexão e as homenagens sejam por causa da paternidade – tão necessária para o desenvolvimento das nossas crianças –, sem machismos, idealizações ou “faz de conta” Em tempos de múltiplas famílias, é difícil estabelecer um dia para a mãe e outro para o pai. Como se no restante dos dias não fossemos mães […] …

Continue lendo Por mais paternidade e menos estereótipos — Direto do Nosso Jardim

PATERNIDADE PERDIDA – Por que muitos pais são ausentes?

Ser pai é a mais completa expressão de masculinidade da vida. Mas para muitos homens, a vida consiste em uma busca pelo pai perdido. Sabemos que criar filhos é uma, senão a maior, experiência da vida, a maior fonte de autoconsciência, orgulho, alegria, talvez seja o maior grau de intimidade que se pode ter […] via …

Continue lendo PATERNIDADE PERDIDA – Por que muitos pais são ausentes?

O operário que sonhava ser poeta – parte I

In memoriam de Manir de Godoy Era uma vez um menino meio nômade, Que vivia entre o interior e a cidade grande. O pai morrera de gangrena. A mãe costureira sustentava Com esforço seis filhos: Eupídio , Cássio, Dirce, Tó, Manir e Iracema! Vendedor de doces no cinema, engraxate, Chegou a operário de fábrica de chocolate. …

Continue lendo O operário que sonhava ser poeta – parte I