Poema do qual me havia esquecido

Rafael Augusto

O primeiro amor passou,
Intenso e herói de guerras:
Nele o menino é feito homem.

Sabor de prea derradeiro na caça,
Aflorece e encanta.

Primeiro amor é sempre boa lembrança.

Mais matuto e mais ingrato
Que homem tu na arte do amor falsário,
Embarcou em imensa dor.

E dizem os poetas,filósofos e peripécias,
Tais são as lembranças do segundo amor.

O primeiro amor amou,
O segundo amor passou.

~ por Godoy em 26 jan 2013.

Seu comentário será muito bem-vindo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: